Pular para as informações do produto
1 de 1

Adega de Barcelos

Condes de Barcelos Rosé Portugues 750ml

Condes de Barcelos Rosé Portugues 750ml

Preço normal R$ 64,80
Preço normal Preço promocional R$ 64,80
Promoção Esgotado
Frete calculado no checkout.
  • Pix, Boleto ou Cartão
  • Compra Segura
  • Entrega Rápida

Estoque baixo

País  Portugal

Tipo: Rosé Seco                                

 Cor: Salmão

Teor Alcóolico: 10% 

Maturação: Estágio em barris de inox

Aroma: Aroma frutado, com notas de framboesa e morango

Região: Vinho Verde

Safra: 2021  

Uva: Vinhão, Borraçal, Espadeiro

Temperatura:  12°C - 14°C                                        

Gustativo: Na boca, é um pouco adstringente, com ligeira acidez, taninos bem domesticados e uma boa refrescância.

Produtor: Adega de Barcelos

Harmonização: Peixes, bacalhau, Carnes brancas, frutos do mar, queijos mole.

Adega de Barcelos

Fundada em 1962, a Adega Cooperativa de Barcelos agregou inicialmente 51 viticultores, tendo com objetivo principal incentivar a produção e comercialização dos vinhos verdes em Barcelos e nas cidades vizinhas.

Os seus fundadores sempre acreditaram na qualidade superior dos vinhos verdes produzidos na região. O número de sócios continuou aumentando até atingir os 600 atualmente.

Vinho Conde Barcelos

Esses viticultores representam uma área de 500 hectares de vinhas, ou seja, em média, apenas pouco mais de 0,8 hectares por viticultor.

As castas brancas dominantes são a Loureiro, Trajadura e Perdenã. Para os vinhos tintos, as uvas mais utilizadas são a Vinhão e a Borraçal.

Os técnicos da Adega Cooperativa de Barcelos, além de utilizarem as mais atuais técnicas de vinificação na sua bem equipada adega, também acompanham a modernização e os trabalhos de campo nas vinhas de todos os sócios.

A Lenda do Galo de Barcelos

Vinho Conde de Barcelos

Segundo a lenda, os habitantes de Barcelos andavam alarmados com um crime. Certo dia, apareceu um galego que se tornou suspeito.

Apesar de se dizer inocente, as autoridades prenderam-no. Foi condenado à forca, mas antes de ser enforcado, pediu que o levassem à presença do juiz. Levaram-no ao magistrado que, nesse momento, se banqueteava com  amigos.

O galego voltou a afirmar a sua inocência e, apontou para um galo assado que estava sobre a mesa, exclamando: “É tão certo eu estar inocente, como certo é esse galo cantar quando me enforcarem”.

Quando o peregrino estava a ser enforcado, o galo assado ergueu-se na mesa e cantou. O juiz correu à forca e mandou o homem em paz.

Ver informações completas

Tintos 🔸 Rosés 🔸 Brancos 🔸 Espumantes 🔸 Suaves 🔸 PROMOÇÕES 🔸